• FpM

Desafios do Risco Cibernético

Risco cibernético é um tema cada vez mais presente nas organizações, estando na agenda da alta administração, bem como na do conselho de administração.


Não é para menos! O relatório Risco Global (Global Risk Report) publicado anualmente pelo WEF (World Economic Forum) em conjunto com renomadas instituições, na 14ª edição publicada em janeiro 2019, aponta ataques cibernéticos como uma das grandes preocupações mundiais para os próximos anos.


O estudo indicou as seguintes preocupações, que fazem parte do sub-grupo tecnologia:

· Ataques cibernéticos: roubo de dados ou valores

· Ataques cibernéticos: interrupção de operação e infraestrutura

· Roubo de identidade Pessoal


Os dois primeiros citados acima se enquadram em 2 dos 5 maiores riscos globais. Em 2017, a 5ª posição era de fraudes eletrônicas e roubos de dados e a 6ª de ciberataques. A preocupação é crescente. Em 2015, não estavam entre os 10 primeiros. Uma mudança e tanto em poucos anos!



As novas tendências em tecnologia, como big data e cloud, trazem muitos benefícios e oportunidades, mas são acompanhadas de desafios de segurança. Por exemplo, cada vez mais se encontram aparelhos ligados à internet, que potencializam as possibilidades de aumento de ataques cibernéticos.


Ataques cibernéticos se utilizam de códigos maliciosos para alterar a lógica ou os dados do computador e smartphone, podendo comprometer os dados e levar a crimes, como distribuição de informações e roubo de identidade.


O grande desafio é gerenciar o risco sem reduzir o potencial de inovação que envolve estas e futuras tecnologias.


Segundo a Marsh em artigo de 2019,

“a segurança cibernética e a proteção de dados são tarefas desafiadoras para empresas de todos os tamanhos. Os Hackers não são mais a única ameaça. O mundo corporativo utiliza a internet para oferecer diversos serviços e qualquer interrupção pode resultar em danos à imagem da empresa ou sua reputação, insatisfação de clientes e parceiros comerciais e perdas financeiras.”


A legislação europeia de proteção de dados, General Data Protection Regulation (GDPR), vigora desde 25 de maio de 2017. A lei geral de proteção de dados no Brasil (LGDP) entrará em vigor em dez/2020. As empresas precisam se adaptar, se preocupando ainda mais com vazamento de dados e impactos na sua imagem.


Existem seguros para riscos cibernéticos disponíveis no Brasil desde 2012, oferecidos por seguradoras internacionais, para quem deseja minimizar impactos financeiros e reputacionais devido à falha de segurança e até mesmo à divulgação não autorizada de informação.


Vamos acompanhar a movimentação do mercado?

Fonte da Imagem: Wix tech Special Effects

#Risco #Cibernético #Tecnologia #Conselho

Brasil

 

   SP (11) 3637-5702

   RJ (21) 2523-3608

Todos Direitos Reservados

Desenvolvido em WIX por Finanças por Mulheres

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • LinkedIn Social Icon

Campo Belo - SP

 Ipanema - RJ