• FpM

O Futuro Pode Surpreender?

Atualizado: 11 de Out de 2018

Em 2 de agosto de 2018, a Apple foi a 1ª empresa privada do mundo a atingir o valor de mercado de U$ 1 trilhão! Apenas 16 países no mundo têm PIB superior! É um grande feito!


Nem dá para imaginar que em 1985 a Apple estava em situação financeira crítica, o que culminou com a saída de Steve Jobs da companhia. Na ocasião a empresa foi oferecida a diversos concorrentes, como Dell e Compaq, que rejeitaram as ofertas, alegando que a Apple tinha um só produto, caro em relação aos concorrentes, com sistema fechado e incompatível com os demais produtos do mercado. Após sua saída, a Apple se manteve com lucro pequeno e estável, comercializando os mesmos produtos com pequenas variações. Enquanto isso, Jobs criou a Pixar, de computação gráfica, que foi comprada pela Disney mas mantendo-o como o acionista com a maior participação individual (7%).


Jobs era um visionário que enxergava um mundo diferente: ele já falava em comunicação sem fio, e sempre teve obsessão com o perfeccionismo do design tanto no hardware quanto no software. Os produtos da Apple são mais seguros, pois não é possível acessar seu sistema. O que era uma desvantagem em 1985 tornou-se um diferencial de produto até os dias de hoje.


Somente com seu retorno em 1997, a empresa recuperou sua posição de líder em inovação, revolucionando a forma de comunicação e de consumo de música, serviços, notícias, criando um novo horizonte no papel dos computadores e “devices” inteligentes em nossa vida, em especial o telefone celular. Quantos equipamentos foram substituídos pelo celular? Podemos citar a máquina fotográfica, o relógio, consoles de jogos eletrônicos, mapas etc. A ideia dos aplicativos, ampliou de forma impressionante o que nós usuários somos capazes de fazer, aprender e controlar apenas com o celular. Previsão do tempo, acesso a bancos, aplicativos de transporte, de saúde, de trabalho! São infinitas as possibilidades! Sem falar no desenvolvimento da indústria de smartphones!


Como reflexão, ficamos com a pergunta: foi correta a decisão de tirar Jobs da empresa em 1985?

Apesar de seu temperamento extremamente difícil, Jobs enxergava um futuro que parecia tão impossível que os principais executivos de sua época não conseguiam entender e com metas de curto prazo para atingir, com pressão do mercado de capitais para ter resultados, acharam correta a decisão de tirá-lo. Eram executivos de indústrias tradicionais, com viés de passado atuando em uma empresa inovadora e à frente de seu tempo, mas que tomaram a decisão à luz das variáveis que eram valorizadas na época. O próprio Jobs, amadureceu seu lado empresário e quando voltou teve como mentor Ed Woolard, ex executivo da Dupont e membro do Conselho de Administração da Apple, que procurou entender o negócio e apoiar Jobs na execução de seus planos. Talvez também o mundo dos negócios estivesse mais preparado para as inovações tecnológicas em especial a popularização da internet.


Isso mostra como devemos estar abertos a novas ideias e permitir que a criatividade seja sempre exercitada no ambiente de trabalho. Quem sabe qual será o próximo salto para o futuro? No caso da Apple o futuro surpreendeu a todos.

Para saber mais sobre a Apple disponibilizamos o seguinte link: Apple

Fonte da Imagem: Wix Vidro Abstrato

#Tecnologia #Inovação #Visionário #Empreendedorismo #Futuro #Apple #Conselho #Governança #Mentoria

Brasil

 

   SP (11) 3637-5702

   RJ (21) 2523-3608

Todos Direitos Reservados

Desenvolvido em WIX por Finanças por Mulheres

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • LinkedIn Social Icon

Campo Belo - SP

 Ipanema - RJ