top of page
  • Foto do escritorFpM

A Pandemia é um Cisne Negro?

Atualizado: 19 de ago. de 2021

Cisne Negro remete a uma história ocorrida na Austrália no século XVII, quando foi descoberto por exploradores o primeiro cisne negro, derrubando o senso comum dos europeus que “todos os cisnes são brancos”.


Desde 2007, com o lançamento do livro “A Lógica do Cisne Negro”, de Nassim Taleb*, o termo Cisne Negro virou sinônimo de evento raro, imprevisível, com impacto de grandes proporções para os afetados e consequências desconhecidas, podendo ser boas ou ruins. Em estatística é considerado como ponto fora da curva, um outlier.


Cisne Negro e a Pandemia de 2020

O exemplo mais utilizado de Cisne Negro na literatura tem sido o das Torres Gêmeas de 11/set/2001. Quem imaginaria um atentado terrorista por avião em plena Nova Iorque? Esta ação teve consequências no comportamento mundial, por exemplo, alterando as regras de segurança dos aeroportos.


Se olharmos por outro lado, este era um evento previsto, esperado, pelas poucas pessoas envolvidas na preparação do ataque às Torres Gêmeas. O outro lado da moeda.