• FpM

Cadastro na Bolsa Aumenta Durante a Crise - março/20

Atualizado: 4 de Nov de 2020

Incrível! Apesar da crise do coronavírus e a consequente queda na Bolsa de Valores do Brasil e do mundo, o número de pessoas físicas cadastradas na B3 (Bolsa de valores de São Paulo) aumentou consideravelmente!


Cadastro aumenta na B3 durante a crise

Como assim?

Enquanto a bolsa caiu dos 115.645 pontos em 30/dez/19 para 73.019 em 31/mar/20, um tombo de 36,9%, a participação das pessoas físicas cresceu 33,3%. Em março/20 estavam cadastrados 2,24 milhões de CPFs contra 1,68 de dez/19.


O seguinte quadro, divulgado pela B3 (antiga Bovespa), posição de mar/20, demonstra o histórico de investidores pessoas físicas, por gênero:


Os especialistas acreditam que as pessoas que já estavam migrando para ativos de risco em função da queda da Selic, conjugado com o home office, passaram a acompanhar a bolsa mais de perto.

Como consequência, começam a se planejar para o longo prazo, provavelmente acreditam que o fundo do poço chegou ou está próximo, e que seria o momento de comprar ações.


O gráfico abaixo ajuda a visualizar o comportamento histórico da bolsa de valores (B3) e a entender a lógica acima. O preço das ações está no patamar de 2017 e se for mais longe de 2010, 10 anos atrás....

O que surpreende a nós, do Finanças por Mulheres, é a entrada de pessoas que nunca tinham se cadastrado antes nos últimos 3 meses, ou seja, durante a crise. E você? O que acha?


Realmente, a indicação é que tudo vai mudar...

Fonte das imagens: (1) Wix Stock Market Graph; (2) Histórico de Pessoas Físicas; (3) Histórico do Ibovespa

#Bolsa #B3 #Ibovespa #MercadoDeCapitais #Crise #Crise2020 #Cadastro #Finanças #Aplicações #Risco #Pandemia

Posts recentes

Ver tudo