Introdução a Política Monetária

por Vera Silva para BlogFpM.


A política monetária refere-se a um conjunto de medidas adotadas pelas autoridades monetárias para controlar a quantidade de moeda, a liquidez, na Economia e, dessa forma, manter a estabilidade de preços e, consequentemente, da moeda e o crescimento econômico. Essas medidas adotadas afetam tanto a taxa de juros quanto o crédito.


Dizemos que os bancos comerciais “criam” moeda quando concedem empréstimos aos seus clientes. Acredita-se que um excesso de moeda pode gerar inflação, então, as autoridades monetárias devem controlar esse processo. No caso do Brasil, o Banco Central é o responsável por esse controle.


No entanto, quando a economia encontra-se em recessão, alguns economistas defendem que as autoridades monetárias devem expandir a oferta de moeda e, consequentemente, o crédito para promover o crescimento econômico.



A política monetária pode ser classificada como contracionista e expansionista. No primeiro caso, as autoridades monetárias verificando um superaquecimento da demanda agregada, que pode gerar pressões inflacionárias, adotam ações para contrair a oferta monetária e, consequentemente, a atividade econômica. No segundo caso, ocorre o oposto: há desemprego e contração da demanda agregada, então, adota-se medidas para expandir a oferta monetária e, consequentemente, a atividade econômica.


A redução contínua da taxa de juros que temos observado no Brasil é uma medida de política monetária expansionista, uma vez que ela reduz o custo financeiro e, pode estimular os empresários a tomarem empréstimos para investirem em sua produção e, isso contribuirá para a geração de empregos e, consequentemente, de renda.


No Brasil e em outros países [1], adota-se o regime de metas de inflação [2] para fazer o controle do nível de preços. Nesse regime, as autoridades monetárias administram a taxa de juros como um instrumento para o controle da inflação, todavia, há criticas sobre a sua efetividade, tendo em vista que ela não afetaria a correção de preços de bens administrados, como água, energia elétrica, gás, etc, nem de bens indexados ao dólar, como o petróleo e os combustíveis.


Cumpre lembrar que o sucesso da política monetária depende muito da confiança da população na capacidade das autoridades monetárias em manter a estabilidade da moeda.



 

[1] Inglaterra, Canada, Nova Zelândia, Austrália, Brasil, México e Chile, entre outros.


[2] Para saber mais sobre política monetária indicamos a série de vídeos do Banco Central


 

Fonte da Imagem: Unplash Josh Appel

 

#Economia #Política #Monetária #Meta #Inflação #Contracionista #Expansionista #VeraSilva


16 visualizações

Posts recentes

Ver tudo