• FpM

Sneakers, Mercado sem Crise

Atualizado: 26 de Ago de 2019

A história dos sneakers (tênis) remete ao final do século 19, quando se começou a produzir sapatos com solado de borracha. Foram apelidados de “sneakers” por não fazerem barulho ao pisar, sendo furtivos, em contraste com a sola de couro.

Logo surgiram os “Keds” no início do século XX, da Companhia US Rubber, nos EUA, com solado de borracha, e top de tela (canvas). Chegou a ser um sonho de consumo no Brasil e numa época com pouca importação era preciso viajar para ter um. No Brasil seria comparável nas décadas de 60 a 90 com o “Conga” ou “Bamba”.


A popularização deste tipo de calçado confortável se confunde com a dos tênis esportivos na primeira metade do século XX, com a Olimpíada de 1936, e após Adi Dassler criar a Adidas, que se tornou a marca mais popular de esportes.


Surgiram outras empresas, como a Nike em 1964. Os tênis esportivos foram ficando cada vez mais sofisticados com o avanço da tecnologia e novos materiais, permitindo uma grande diversificação para uso nos diversos tipos de esporte. Grandes nomes do esporte impulsionaram o mercado, como Michael Jordan jogador ícone de basquete da NBA, após assinar contrato com a Nike em 1984 para usar o tênis Air Jordan, que se tornou o tênis mais famoso mundialmente, mantendo uma linha até hoje.


A competição entre as grandes marcas foi benéfica, tornou o tênis esportivo cada vez mais atrativo, ganharam cores e cadarços vibrantes. E por que ficar apenas nos esportes?


Assim, os sneakers de passeio foram ocupando cada vez mais espaços, se aproximando mais da moda e do luxo.


Os tênis saíram definitivamente das academias e dos esportes, revitalizados pela própria Adidas, quando um modelo lançado na década de 60 foi relançado e passou a ser tendência do mercado de moda, direcionado ao segmento de estilo de vida (life style). No início dos anos 2000 foi criada a Adidas Original.

Marcas de luxo apostam no segmento de sneakers desde 1984 com a Gucci, e hoje em dia estão cada vez mais presentes nas passarelas de moda. O mercado não para de crescer, tanto que conglomerados de luxo, como a LVMH (LouisVuitton) investiram no segmento.


Este comportamento faz parte de uma tendência do mercado de moda chamada athleisure* (atlético e lazer em inglês), estilo casual que usa as peças esportivas para serem usadas nos looks do dia a dia, que apresenta rápida expansão desde 2014.


No Brasil, o termo sneakers se refere a tênis de passeio, se confunde com o “sapatênis”. Mercado que não para de crescer mundialmente. Em 2017 nos EUA cresceu 40%. Existem até itens de colecionadores com produção limitada podendo atingir US$10mil. Mais ainda? É possível encontrar tênis de US$65mil em uma loja em Nova Iorque chamada “Stadium Goods”. Dá para acreditar?


Os especialistas entendem que ainda existe muito mercado pela frente. Lojas de calçados e de moda apostam em marcas próprias. Vamos acompanhar?

Se quiser saber mais sobre a história deste mercado, indicamos o seguinte texto em inglês da CNN, atualizada em set/15: how-sneakers-rose-to-catwalk-fashion


*Para saber mais sobre Athleisure dê uma olhada no link a seguir, de jun/16: athleisure-nova-onda-fashion-circula-casual-e-esportivo-pelas-ruas-de-nova-york

Fonte da Imagem: (1) Wix Illustration Sneaker; (2) Wix Illustration Sport Girls

#Mercado #Sneakers #SemCrise #Tendência #Oportunidade #Moda #Fashion #Inovação #Estilo

Brasil

 

   SP (11) 3637-5702

   RJ (21) 2523-3608

Todos Direitos Reservados

Desenvolvido em WIX por Finanças por Mulheres

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • LinkedIn Social Icon

Campo Belo - SP

 Ipanema - RJ