• FpM

Cidades mais Caras do Mundo

Atualizado: 11 de jan.

O relatório do Índice de custo de vida (WCOM – World Cost of Living) é elaborado por Economist Intelligence (EIU), braço de pesquisa e análise da revista britânica, duas vezes ao ano, com coletas de dados em março e setembro, publicado em junho e dezembro.

Os preços são medidos em dólar, comparados com a cidade de Nova York.

A pesquisa cobre mais de 200 produtos e serviços de consumo diário. O relatório divulgado em dezembro/21, com dados coletados entre 16/ago e 12/set, conteve amostra de 173 cidades.


A inflação média mundial do período 2020-21 nas cidades da amostra foi de 3,5%, bem superior à do ano anterior (2019-2020), que foi de 1,9%.


Os preços foram fortemente impactados em função da pandemia que causou descasamento entre oferta e demanda, função de problemas da cadeia de suprimentos (abastecimento global) e mudança de estilo de vida (consumo), somados a alta de preços das commodities.


As 10 cidades mais caras no mundo segundo o estudo estão concentradas na Europa e cidades desenvolvidas da Ásia. São elas:

1. Tel Aviv

2 e 3. Paris e Cingapura

4. Zurique

5. Hong Kong

6. Nova York

7. Genebra

8. Copenhague

9. Los Angeles

10. Osaka


Damasco, na Síria, devastada por guerra civil, é considerada a cidade de menor custo de vida. Na América Latina, as cidades mais baratas são Caracas e Buenos Aires que se encontrou na 164ª colocação.


São Paulo e Rio de janeiro se encontravam em 2020 na 119ª colocação, caindo da 43ª posição em função da desvalorização do real e aumento dos níveis de pobreza. Em 2020, a amostra continha apenas 133 cidades.

 

Para saber mais indicamos a reportagem, em inglês: Tel Aviv is the world’s most expensive city. Contem um quadro demonstrando o ranking comparando quatro datas (2021, 2020, 5 e 10 anos atrás). Abaixo o quadro de 2021.


Cidades Mais Caras do mundo
Índice de Custo de Vida 2021 em 173 grandes cidades. Fonte do estudo e Imagem: https://www.economist.com/graphic-detail/2021/11/30/tel-aviv-is-the-worlds-most-expensive-city
  • São Paulo, por exemplo, tinha custo de vida superior Nova York em 2011.

  • O impacto da pandemia, pode ser visualizado com a movimentação do gráfico dos últimos 2 anos.

 

Importante! Este estudo não leva em conta a relação entre renda (salários, juros, aluguel) e gastos dentro de um país, na sua própria moeda.

 

Fonte da imagem: New York - Wix Unplash Michael Discerna

 

#Economia #Inflação #Pandemia #Cidades #Viagem #Renda #Riqueza

40 visualizações

Posts recentes

Ver tudo