• FpM

Economia Circular

Atualizado: Out 17

Economia circular junta conceitos de economia com desenvolvimento sustentável. É baseada nos seguintes princípios:

(1) eliminação de resíduos e poluição, através de redução, reutilização, e reciclagem (3R´s)

(2) manutenção de produtos e materiais em uso e

(3) regeneração do sistema natural

A economia circular é um contraponto ao modelo de produção linear, oriundo da revolução industrial (século XVII), que gerou desenvolvimento e riqueza, redução de pobreza na época.

O modelo de produção linear se mostra ultrapassado no início do século XXI por se ter consciência que os recursos da natureza são finitos, somados à necessidade de se evitar o desperdício, o lixo e a poluição.


O conceito de economia circular, segundo alguns estudos, remonta aos anos 70, quando se desperta para a consciência ecológica. A maior parte dos autores considera como marco inicial o artigo “Economics of Natural Resources”, publicado em 1989 por David W. Pearce e R. Kerry Turner, dois economistas e ambientalistas britânicos.


Em 2020, apesar de terem passado 40 anos, o conceito ainda é pouco difundido. Vem ganhando evidência nos anos recentes, sendo discutido dentro da ONU Meio Ambiente e ganhando vozes influenciadoras. Líderes globais começam a se manifestar. A União Europeia (UE) tem se mostrado uma condutora do processo de conscientização, aprovando regras em junho/18 para as nações membros alcançarem a transição entre os dois modelos.

Uma porta-voz importante do segmento é a Ellen MacArthur, velejadora britânica, que criou uma fundação para se dedicar a causa em 2010.

Acesse o vídeo de 2012: https://youtu.be/zhFhgXb4hO4y

A economia circular se baseia em 7 elementos que direcionam este processo de transformação, compondo a palavra em inglês “DISRUPT” (disrupção), em livre tradução:

D – Desenhar para o Futuro

I – Incorporar tecnologia digital

S – Sustentar e preservar o que já existe

R – Repensar o modelo de negócios

U – Usar os resíduos como recursos

P – Priorizar a regeneração de recursos

T – Trabalhar em conjunto (Team up) para criar valor

Até 2017 não havia dados disponíveis globais que permitissem monitorar o progresso da Economia Circular. O grupo “Circle Economylançou um relatório em 2018, com métricas para aumentar a conscientização sobre o assunto, coincidindo com o período do Fórum Mundial Anual que ocorre em Davos anualmente.


Nestes 3 anos de divulgação o índice de economia circular se manteve abaixo de 10% com tendência negativa: 2018 com 9,1%, em 2019 passou para 9,0%, caindo em 2020 para 8,6%. Existe um grande trabalho pela frente para aumentar a conscientização e aderência ao modelo de economia circular.


A transição de um modelo para outro não é simples, pois existe o dilema dos custos e do crescimento das empresas. De qualquer forma, é esperado no futuro a adaptação das empresas, organizações e administrações públicas para o modelo de economia circular.


O BlogFpM acompanha o movimento. O mercado já está valorizando empresas aderentes às práticas ASG, um caminho para a economia circular..

Fonte da Imagem: (1) Economia Circular; (2) Economia Linear

#Economia #Circular #Estratégia #Modelodenegócios #ASG #ESG #Inovação

Brasil

 

   SP (11) 3637-5702

   RJ (21) 2523-3608

Todos Direitos Reservados

Desenvolvido em WIX por Finanças por Mulheres

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • LinkedIn Social Icon

Campo Belo - SP

 Ipanema - RJ