• FpM

Devo Comprar Ações?

Devo comprar ações?

Esta é uma pergunta bastante comum entre nossas clientes de educação financeira. Ainda mais quando a bolsa começa a subir e os amigos começam a comentar. Só que nesta hora, apesar de ainda haver a possibilidade de ganhos rápidos, o melhor momento já passou...


Ações podem ser ótimos investimentos, só que precisam de conhecimentos técnicos, dedicação e acompanhamento constante, caso deseje montar sua própria carteira. Buscar comprar na baixa e vendendo na alta. E ter em mente uma carteira de longo prazo.


Quais seriam os conhecimentos técnicos necessários?

Ações costumam ser avaliadas por duas metodologias, a técnica e a fundamentalista.


A análise fundamentalista analisa os demonstrativos financeiros da empresa, seus indicadores financeiros, verifica a saúde financeira da empresa. Exige conhecimento de contabilidade para interpretação. Visa investimentos de longo prazo, para investidores com perfil de menor tolerância a risco.


A análise técnica se baseia em informações de preços e volumes, gerando gráficos que permitem avaliar visualmente o comportamento das ações. Para melhor entendimento, é desejável conhecimento básico de estatística. É usada nas operações mais curtas, até mesmo de minutos. O investidor tem perfil arrojado.


Os bancos e corretoras têm departamentos para análise destes dados, investem pesadamente em grandes bancos de dados. Desenvolvem algoritmos sofisticados que contém dados do ambiente macroeconômico e dos diversos mercados, tanto nacionais como internacionais.


É muita informação para ser processada. Por isso, é difícil operar no dia a dia, exige tempo, mesmo para quem tem conhecimento das técnicas.


Então, o que fazer?

Nós do Finanças por Mulheres, apesar do conhecimento técnico, não temos equipe para todo este acompanhamento.


Sugerimos para quem está iniciando nesta área a aplicação em fundos de ações. Este passo é importante até para entender o “apetite a risco”. Fundos são carteiras de ações, e mesmo assim podem oscilar muito e ter perdas.


Existem muitos fundos de ações, com maior ou menor risco. O investidor precisa estar ciente que o risco das ações é maior do que o de investimentos em outros tipos de fundos e no tesouro. Alguns fundos são mais arrojados que outros.


Investir em ações para a maior parte dos investidores que não opera no mercado financeiro deve ser visto como investimentos de médio a longo prazo. Oscila muito. Tem que ter paciência para perdas, que às vezes demoram a ser recuperadas.


No Brasil, tem sido muito difícil, em função da crise econômica e política. As mesmo tempo surgiram oportunidades incríveis como Magazine Luisa, cuja ação valorizou incrivelmente devido ao sucesso de sua transformação digital.


Enfim, o Finanças por Mulheres (FpM) pode orientar e ajudar na decisão de investimento em geral. O mercado tem muitas possibilidades. Explicamos os custos e riscos para sua tomada de decisão. Somos isentas nesta orientação pois não representamos nenhuma instituição financeira e não temos meta de venda de produtos bancários. Vale a pena o investimento na orientação.

Fonte da Imagem: (1) Wix Images Stock Market Down, (2) Wix Images Newspaper

#Finanças #Pessoais #Mercado #Financeiro #Ações #Bolsa #Fundos #Investimentos #Risco #FpM #FaleConosco

44 visualizações

Brasil

 

   SP (11) 3637-5702

   RJ (21) 2523-3608

Todos Direitos Reservados

Desenvolvido em WIX por Finanças por Mulheres

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • LinkedIn Social Icon

Campo Belo - SP

 Ipanema - RJ