• FpM

Mulheres Inspiradoras - Engenheira

Engenharia ainda é uma profissão para poucas mulheres. Os primeiros nomes registrados são da Escola Politécnica do Rio de Janeiro (UFRJ), há cerca 100 anos atrás, época em que se formava apenas uma mulher por ano nesta escola.


A 1ª mulher a se formar em engenharia civil foi Edwiges Maria Becker (1919) seguida de Anita Dubugras (1920) , Iracema da Nóbrega Dias (1921) e Maria Esther Corrêa Ramalho (1922).


A 1ª engenheira negra foi Enedina Aves Marques, que se formou na Universidade Federal do Paraná (UFPR) em 1945 aos 32 anos.


Stefanie e Eugenia se orgulham de terem estudado na Escola de Engenharia da UFRJ, onde a pioneira Edwiges também se formou. Só tiveram uma professora, Alcina Knoew Pinheiro, especialista em materiais de construção. Fica a homenagem do “Finanças por Mulheres” a esta mulher inspiradora, Alcina, à frente do tempo, importante na formação das turmas da UFRJ na década de 80.

Mulheres Inspiradoras - Engenheira
 Alcina com alunos  da turma de engenharia civil da UFRJ1982

Para saber mais sobre mulheres engenheiras disponibilizamos o seguinte link: pioneiras,

acesso em 15/ago/2017


Sobre Enedina, a 1ª engenheira negra do Brasil, o link: engenheiras, acesso em 15/ago/2017


#Mulheres #Empreendedora #Profissional #Inspiradora #Engenheira #CinquentaMais

111 visualizações

Posts recentes

Ver tudo